Você está Aqui: Início

Kart – Rodrigo Morelli lidera uma família unida pela velocidade

E-mail Imprimir PDF

( 53 Votos )

Talvez um dos segredos para a mantença da união e harmonia familiar seja mesmo o cultivar de uma paixão em comum. E o esporte se presta plenamente para isso, seja ele o futebol, o tênis, a natação, o iatismo, ou o mágico mundo da velocidade

No desabrochar deste século XXI dois amigos rodavam por quase todos os circuitos de kart indoor de São Paulo em busca de uma veloz diversão, atividade que também servia como “dose medicinal” contra o habitual estresse do cotidiano da vida urbana paulistana.

Eram eles o contador Isao Yasukawa e o advogado Rodrigo Morelli, que, com o passar do tempo, foram ganhando experiência e ficando bons na despretensiosa diversão. Bem, quem já se aboletou de alguma forma em algum veículo de competição sabe, de cor e salteado, que assim que a viseira do capacete é baixada a expressão “despretensiosa”, em uma fração de segundo, se desvanece por completo. A partir de então, o que passa a valer mesmo é o objetivo único de chegar na frente. Nem que seja apenas do amigo concorrente.

Um dos circuitos em que foram acelerar era o Kartódromo Aldeia da Serra, que além dos karts de locação era palco de importantes certames oficiais de micromonopostos. Os treinos dos poderosos karts “dois tempos” eram intercalados por baterias de locação e na espera para serem chamados passaram a acompanhar a prática dos karts de corrida. Claro, os olhos de ambos repentinamente cintilaram, bem como seus corações subitamente aumentaram os batimentos, ao verem os potentes bólidos de dois tempos passando em velocidades avassaladoras. Eram carros muito rápidos nas retas, carregavam muita velocidade nas curvas, retomavam rapidamente a aceleração e pareciam estar grudados no asfalto.

Não perceberam, mas a partir daquele momento estavam irremediavelmente inoculados com o vírus da velocidade!

Meninos grandes também sonham e, por conta disso, Yasukawa e Morelli passaram, então, a planejar um “upgrade” para os velozes karts com propulsores dois tempos. Todavia, mais velho que Morelli, com família constituída e compromissos profissionais que não lhe permitiam dispor do tempo que a prática desportiva requeria, com a curial sabedoria oriental, Yasukawa optou por coadjuvar a materialização do sonho do amigo e parceiro. Rodrigo Morelli ganhou então mais que um amigo e grande incentivador. Ganhou de Isao seu primeiro kart de competição e, de quebra, o sogro perfeito. Justo e perfeito!

Morelli passou a treinar com afinco em Aldeia da Serra, desenvolvendo rapidamente sua técnica e expertise como piloto. A temporada de kart 2003 abria as cortinas e dois bons certames eram no quintal de casa, a Copa Aldeia da Serra e a CNA- Copa Noturna da Amizade, simpático e competitivo campeonato que contava com bons grids e ótimo nível de competidores. Rodrigo Morelli era um “rookie”, mas com um pé direito pesadíssimo, que passou a lhe render resultados cada vez mais expressivos, com a avassaladora vitória na etapa de junho de 2003 na CNA, em qual cravou a pole position, estabeleceu a volta mais rápida da corrida e venceu com facilidade, impondo quase 20 segundos de vantagem sobre o segundo colocado. Fechou a temporada com o título de vice-campeão da classe V4 e a vontade de encarar desafios ainda maiores em 2004.

Principal certame da modalidade no Brasil, o Campeonato Brasileiro de Kart teve em 2004 sua 39ª edição e, como palco, o Kartódromo Aldeia da Serra, seu quintal de casa. No grid da categoria Senior B nada menos que 22 competidores brigando pelo título ao final de quatro corridas. Concorrentes, aliás, de altíssimo nível, que acabaram se tornando destaque no automobilismo nacional, nas categorias Formula Truck, Sprint Race, Brasileiro de Turismo, Mercedes Challenge, Spyder e Lancer Cup.

O regulamento de então contemplava a láurea de campeão àquele que melhor pontuasse nas quatro baterias, diferentemente do atual regulamento, que define o título pela ordem de chegada na corrida Final. Rodrigo Morelli fechou sua primeira participação em um campeonato nacional no “Top Ten” da Senior B, faturando a nona colocação final. Todavia, se o Brasileiro de 2004 contasse com o atual regulamento, Morelli teria ido ao pódio, com a P5 em que completou a Final.

Rodrigo prosseguiu competindo regionalmente até a temporada de 2007, quando repetiu a participação na Senior B do Campeonato Brasileiro de Kart. Era a 42ª edição do certame máximo nacional, que teve como pano de fundo o Kartódromo Ayrton Senna, em Lauro de Freitas, na Bahia. Novamente o kartista paulista apresentou grande performance que rendia a expectativa de finalização, desta vez, no “Top Five” da categoria. Porém o abandono de uma das corridas - sem auferir pontuação - e algumas costelas trincadas puseram por terra as boas expectativas. Mesmo assim, Morelli encerrou sua participação conquistando a décima primeira colocação final.

Mas, para plena recuperação da lesão das costelas, era imperativo seu afastamento das pistas por um período muito longo, pelo que Rodrigo acabou se afastando definitivamente das pistas. A paixão não esmoreceu, mas sua atividade profissional não mais lhe permitia dispor de tempo para o esporte. O kartismo voltou a ser apenas uma diversão eventual para Morelli e seu sogro Isao Yasukawa, que de vez em quando iam ao Kartódromo Aldeia da Serra para fazer um dia de treinos com os karts que mantinham guardados.

Lembra do tal vírus da velocidade que tinha sido inoculado em Yasukawa e em Morelli? Pois é, ele acabou no DNA e corre forte nas veias do novo membro da família. O neto de Isao Yasukawa e filho de Rodrigo Morelli, que nasceu em meados de 2010.

Em abrill de 2016, já com cinco anos de idade, o pequeno Yuri Morelli só falava no tal de kart e pedia, incessantemente, para levarem ele para andar de kart. Em uma visita ao kartódromo Speedland, Morelli pediu para colocarem Yuri em um kart Cadete de locação. Com os pedais regulados o mais próximo possível e o auxilio de calços extensores, o pequeno “candidato a piloto” conseguiu operar o bólido. Não teve jeito, ali mesmo fizeram a matricula do petiz Yasukawa Morelli na escolinha de pilotagem, que, todo pimpão, ficou ainda mais seis meses treinando no Speedland.

Claro, filho (e neto) de peixe, peixinho é e o passo seguinte foi começar a ladainha do “eu quero um kart”! Tal qual fez com seu genro Rodrigo, vovô Isao tratou de comprar um kart usadinho , que foi adaptado como simulador para diversão do pequeno Yuri.

Quando Yuri começou na escolinha de kart em 2016, Rodrigo Morelli voltou a correr de indoor e se preparar para acompanhar seu rebento. Fez dieta, começou a nadar e treinar sob os cuidados do competente preparador Toninho, “owner” da equipe Ribeiro Competições. Coube também a Toninho a tarefa de desmontar o “simulador” com pintura de Lotus John Player Special e transformá-lo, novamente, em um kart de corridas, com o qual Yuri passou a, também treinar em Aldeia da Serra.

Três gerações de apaixonados. Três pilotos na família, que agora treinavam juntos em Aldeia da Serra, já que vovô Isao também mantinha um kart nas garagens do circuito paulista.

Iniciada a temporada 2017, lá se foi a família inteira para o Kartódromo Aldeia da Serra, para acompanhar a primeira etapa da Copa São Paulo Light de Kart. A ideia era assistir as corridas da rodada e fazer Yuri ver as crianças da idade dele competindo. Resultado do passeio familiar: Rodrigo Morelli voltou a competir na Senior B, à partir da segunda etapa da Copa São Paulo Light e Yuri acabou ganhando um kart novinho, para estrear na categoria Mirim na terceira rodada do campeonato.

O objetivo de Rodrigo era apenas competir para acompanhar seu filho, mostrando para Yuri, na pratica, os valores importantes do esporte e verificando se era mesmo competir que Yuri queria, sem pressiona-lo por resultados.

Mas ser competitivo é da natureza de Rodrigo Morelli e logo os planos mudaram – mais um upgrade – com os três - Rodrigo, Isao e Yuri - decidiram ir para o 52º Campeonato Brasileiro de Kart, em Santa Catarina. Foram duas semanas muito especiais que os três vivenciaram, juntos, no Kartódromo Beto Carrero, na cidade de Penha.

Yuri Morelli (Morelli Advogados/ Consult Consultoria Contábil/ Colégio Santa Amália/ Ribeiro Competições), que tinha apenas três corridas em seu cartel teve um grande aprendizado e mostrou muita evolução nos treinos e corridas e aproveitando bem todas as lições de seu “coach”, o catarinense Campeão Brasileiro de Kart, Gabriel Gomez. Ao longo do certame Yuri levou muita pancada, chorou e sentiu dores. Mas não desistiu. Superou a raiva e o medo, mostrando que amadureceu muito como menino e como piloto.

Rodrigo Morelli (Morelli Advogados/ Consult Consultoria Contábil/ Ribeiro Competições), estava parado a dez anos e após apenas quatro corridas campeonato estadual mais competitivo do Brasil, faturou o titulo de Vice-Campeão do Open do Brasileiro de Kart e repetiu a nona colocação da Senior B no certame nacional. Novamente inserido no “Top Ten" do Campeonato Brasileiro de Kart. Quem nasceu para rei não perde a majestade!

De volta ao certame estadual, Morelli Sr. venceu duas provas do Light, conquistou dois segundos lugares e um quarto, terminando o campeonato como Vice-Campeão da categoria Senior B. O pequeno Morelli Jr., acima das expectativas, conquistou seus primeiros troféus na Copa São Paulo Light de Kart e nas duas etapas da Copa São Paulo de Kart Granja Viana que participou.

A temporada de kart 2018 está prestes a começar e Yuri Morelli (Morelli Advogados/ Consult Consultoria Contábil/ Colégio Santa Amália/ Ribeiro Competições), agora mais experiente, tem tudo para ser um dos destaques da categoria Mirim, tanto nos certames regionais, quanto no Campeonato Brasileiro de Kart, que será em São Paulo, no Kartódromo Granja Viana.

Rodrigo Morelli (Morelli Advogados/ Consult Consultoria Contábil/ Ribeiro Competições) volta mais experiente e afiadíssimo, pronto para novas conquistas nos regionais e no Campeonato Brasileiro de Kart.

E vovô Isao Yasukawa permanecerá como o esteio dessa família veloz, trazendo sua sapiência oriental para o genro, o neto e se divertindo com seu kart em Aldeia da Serra, que deixou de ser o quintal de casa, para se tornar a efetiva sala de visitas dos Yasukawa e Morelli.

Afinal, essa é uma família unida pelo irrestrito amor à velocidade!

 

 

 

 

 

 

 

Última atualização ( Ter, 16 de Janeiro de 2018 11:40 )  

Adicionar comentário

Todos os Comentários enviados estão sujeitos a aprovação pelos administradores do site Planet Kart para a sua publicação.
O Planet Kart reserva-se ao direito de modificar ou excluir quaisquer trechos que eventualmente possam ferir a ética e os bons costumes , assim como denegrir a imagem de terceiros.
Os comentários publicados não necessariamente refletem os ideais do Planet Kart , e são de responsabilidade única e exclusiva de seus autores.
Para ter seu AVATAR exibido , inscreva-se no serviço www.gravatar.com (é gratuito)


Código de segurança
Atualizar